24 de dez de 2010

25 eu vou...

por Mariana Perez


Dia 25 eu vou comer menos. Eu sei que vai ser difícil me controlar ao redor daquela mesa cheia de delicinhas engordativas, mas tenho que tentar comer menos do que os meus olhos “precisam”. Que tal substituir o pernil pelo peito de peru?

Dia 25 eu vou ajudar na sopa do albergue noturno. Já fiz isso algumas vezes, mas geralmente é mais lembrado em “datas especiais”. Mas pelo o que sei sobre moradores de rua, eles sentem fome todos os dias. Que tal, ao invés de ajudar à fazer, ir também à distribuição da sopa?

Dia 25 eu vou entregar o presente da carta dos correios. Não posso me atrasar, mesmo porque a essa altura, a criança contemplada com o meu gesto já estará na mais euforia de sua existência, aguardando pela chegada daquilo que ela esperou o ano todo. Que tal dar um presente também no dia das crianças?

Dia 25 eu vou mandar SMS pra todos os meus amigos. Inclusive os não tão amigos. Quero que eles saibam que mesmo não se falando todos os dias, mesmo distantes, eu ainda penso e desejo o melhor à eles. Que tal mandar um SMS para os “inimigos” também?

Dia 25 eu vou entrar em uma igreja. Sei que ela estará bem movimentada nesse dia, mas quero ir a um momento em que tenham poucas pessoas, que ela esteja em silêncio, e é nesse momento que irei me comunicar com Deus. Que tal ter esse diálogo em casa mesmo, no silêncio dos meus pensamentos?

Dia 25 eu vou presentear meu amigo secreto. Independente de quem seja, quero que ele saiba o quanto fiquei feliz em presenteá-lo. O quanto procurei minuciosamente um presente que o agradasse, um presente que sempre que ele olhasse se lembraria de mim, e do natal. Que tal dar à ele um presente em outra época do ano?

Dia 25 eu vou abraçar meus irmãos que moram longe. Quero que eles saibam, mesmo que eu não diga em palavras, o quanto eu os amo, e o quanto estão nas minhas orações noturnas. Que tal entrar em um ônibus em qualquer época do ano, e ir até São Paulo para abraçá-los?

Dia 25 eu vou multiplicar estas ações. Quero que todos estes atos sejam contínuos durante o tempo, divididos em 12 meses, e possam se propagar para os próximos 365 dias. Que tal fazer isso hoje?

“Não importa se não houver amanhã. Deram-me a vida e não a eternidade.”

Um natal abençoado, e um final de semana iluminado ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário