22 de abr de 2011

DOCE MARÇO!

por Mariana Perez

♫ “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é...”


O envolvimento começou em meados do fim de fevereiro, mas o sentimento cresceu em março.

Refiro-me a um “doce março”, porque eu senti nesse mês, como há muito tempo já não achei mais que pudesse perceber a minha capacidade de doação.

Quem me acompanha semanalmente, sabe que há dois meses, fiz um texto que relatava as minhas borboletas no estômago, com os primeiros indícios de uma paixonite aguda, que iria me atingir de uma maneira devastadora, e eu iria deixar que isso acontecesse.

Começamos com um simples almoço, depois um segundo encontro, e dias eternos de um mês que teve fim, continuaram por preencher a minha vida de uma maneira que eu já não respirava mais sozinha, já não pensava mais em nada... a não ser a roupa, o perfume que iria usar à noite para encontrá-lo!

Me apaixonei mais uma vez, e como já era de se esperar eu me perdi... e ele não! Dói? Claro que dói... mas a Mariana que eu e ele conhecemos, nem eu achei que existisse, nem eu acreditei que eu pudesse esquecer de todo o resto, todo o passado, pra viver aquele momento... aquele mês de março!

Acredito que tudo acontece por um motivo. As pessoas mudam para que você consiga deixá-las para lá. As coisas dão mal para você aprender a apreciá-las quando estão boas. E às vezes, coisas boas se separam para que coisas melhores ainda se juntem!

Sei que existirão muitos meses para serem doces...


Um final de semana iluminado ♥

Nenhum comentário:

Postar um comentário