14 de fev de 2012

Amor Fantasiado

por Marco Nascimento


De cara pintada, peruca e uma roupa diferente. Foi assim que você se apresentou a mim, fantasiado. E claro, eu nem percebi que era você.
 
Confesso que logo no primeiro olhar algo despertou em mim, mas eu tentei desviar, tentei olhar outros olhos, seguir outro caminho, afinal, era tudo fantasia. Mas quem disse que consegui?
 
Além daqueles olhos brilhantes, seu sorriso era outro ponto que me chamava atenção. Sua voz ecoava em meus ouvidos como música, e eu, ali, achando tudo muito estranho. Tentando descobrir quem era você de verdade.
 
Ao instante que a fantasia ia caindo, sua identidade era revelada, e eu, descobrindo neste instante quem era você de verdade. Descobrindo que o Amor havia se fantasiado, e chegado pra mim.
 
Sim, era o amor, que fantasiado invadiu rapidamente meu peito, se instalou e não quer mais sair. O amor que me faz sorrir, sonhar, acreditar... o amor que me faz desejar que não seja só mais um conto de fadas, só mais uma fantasia, mas sim um bela história real.
 
Abraços!

 
Ih, Falei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário