18 de jul de 2011

Incertezas

por Jucemara Oliver


Você já se sentiu
Como um saco de plástico
Voando com o vento
Querendo começar de novo?

Você alguma vez já se sentiu tão frágil,
Como um castelo de cartas
A um simples sopro de desmoronar?

Você alguma vez já se sentiu
Como se estivesse enterrado
A sete palmos.
Você grita, mas parece que ninguém ouve nada?

Você sabe que há
Uma chance para você...
Pois você tem um brilho,
Você só tem que acender a luz
E deixá-la brilhar.
Seja o dono da noite,
Como o dia da independência, você é como fogos de artifício,
mostre do que você é capaz.
Deixe todos boquiabertos
Enquanto você cruza o céu.
Venha e deixe as suas cores explodirem.

Você não precisa se sentir
Como um desperdício de espaço,
Você é original,
Não pode ser substituído.

Se você ao menos soubesse
O que o futuro lhe aguarda,
Depois do furacão
Vem o arco-íris.

Como um relâmpago,
O seu coração reluz
E você saberá quando chegar a hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário