14 de set de 2010

Quero ser adulto!

por Marco Nascimento


- Quando crescer vou trabalhar e comprar um montão destes brinquedos.

Foi com a afirmação acima, feita por um garoto de apenas 05 anos, que o passado se fez presente e me fez reviver, mesmo que por pensamento, meus anos de infância. Um filme passou em minha cabeça, me fazendo pensar em tudo o que tinha feito desde a época de criança, até os dias atuais.

Lembro-me com perfeição o quanto eu gostava de ser criança, o quanto me divertia brincando com carrinhos, “construindo” estradinhas de terra, ou até fazendo minhas casas ao riscar o chão com giz. Nesta época eu já pensava no futuro, quer dizer, em qual profissão seguir. Queria ser motorista de ônibus. Mas isso era algo que não me preocupava ainda.

A minha única preocupação na época era ir à escola. Em ter que aprender o que a professora ensinava e ainda ter que fazer a lição de casa e os trabalhos a serem entregues nos próximos dias. Algo também que me divertia muito, afinal, foram tardes e tardes de reuniões com os amigos para fazer os trabalhos, onde na maioria das vezes, nem trabalho saia. Era só risada e diversão.

Que tempo bom, mas que não volta. Às vezes da uma saudade né!?

Com o passar dos anos vamos ganhando mais um número em nossa idade, e, além disso, nossos deveres e responsabilidades também aumentam. Deixamos de ser criança e passamos para a adolescência. Nesta fase tudo nos irrita, pois queremos um mundo a nossa maneira, mas é ai que começamos a ver que o mundo na verdade não é do nosso jeito e queremos logo pular esta fase.

É na adolescência que começamos a enxergar o mundo da maneira que ele é. Com a correria do dia a dia, no dever de trabalhar para ganhar dinheiro e que muitas vezes temos que “ralar” muito para conseguirmos o que queremos. Mas mesmo assim, achamos que a vida dos adultos é melhor que a nossa e por isso desejamos chegar logo a esta fase.

- Não vejo a hora de fazer 18 anos para tirar a carteira de motorista.

- Assim que arrumar um emprego irei sair de casa e vou morar sozinho.

- Quero ser adulto logo. Assim não preciso ficar dando satisfação a ninguém.

As afirmações acima com certeza já foram ditas, ou pelo menos pensadas, por quase todo jovem, que quando adolescente acha que ser adulto é algo legal. Mas é só chegar à fase adulta e ter que enfrentar todas as responsabilidades do dia a dia, que querem logo voltar a ser adolescente, ou ainda criança.

Aquele jovem que não via a hora de fazer 18 anos já não quer mais fazer aniversário, pois os anos já passaram e com ele as responsabilidades e deveres só aumentaram. Quem queria ir morar sozinho já não quer mais. Agora esta pessoa já conhece o verdadeiro valor das coisas e o quão difícil é cuidar e manter uma casa. Ainda mais quando se faz sozinho.

No final das contas, os anos passam, as responsabilidades e deveres aumentam e percebemos que o prazer da vida é aproveitar cada momento, então ficamos nos perguntando:

- Porque eu quis tanto crescer?

Abraço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário