12 de set de 2010

Casamento vale a pena?

por Jorge Romero


Numa semana em que o IBGE constatou o crescimento da família após 7 anos em queda, casamento homoafetivo feminino povoou as manchetes dos jornais e o masculino será celebrado com um juiz muito “participativo”, me veio a seguinte duvida: o casamento ainda existe, vale a pena casar?

Não estou pensando nisso, mas é um tema recorrente e vejo algumas pessoas bem incrédulas e outras bem animadas com o assunto.

Particularmente não acredito em uniões estáveis como aconteciam há 20, 30 anos e sim em relacionamento que pessoas moram juntas e tem respeito uma pela outra porque sem respeito não há nada, há com prazo de validade. Sim casamento pra mim independe de papéis, igrejas e tudo mais, tendo começo meio e fim.

Não tenho trauma, meus pais são casados na igreja e no civil há 35 anos e se amam muito. Egoísmo, quem sabe? Mas conheço gente mais egocêntrica e casada. Sobre responsabilidade é mais fácil sozinho do que com a outra pessoa.

Gosto muito de festa pela comemoração em si, acho linda, mas e depois, faz o que? Depois da lua de mel vem as diferenças e aí complica. Mas não gosto nada exagerado só pensar decoração, vestido e músicos que vão tocar, acho bobagem.

Se juntar pra ter filhos até pode ser, mas casar porque está grávida é muito fora de moda.

Claro que cada um sabe o que é melhor pra si, mas acreditar até que a morte os separe ou a fidelidade acima de tudo, não vejo o ser humano na sua totalidade assim. Acredito muito na família da forma que ela for e mais ainda no amor, este sim é eterno.

Quem disse que o fim de um casamento é realmente um final, é sempre um recomeço. Mas claro tem o lado bom de dividir e ter um companheiro(a) que te entende, ajuda e alavanca, muda tudo o que comentei acima.

O amor citado sempre é o mais importante, pro mundo e principalmente no casamento.

Pretende se casar?


Bom domingo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário