1 de mai de 2012

Bola fora!

por Marco Nascimento


Já em clima de Copa do Mundo, em sua nova campanha publicitária o banco Itaú está convocando “todos que amam este país” (Brasil) a jogar bola. Segundo o vídeo, que pode ser conferido logo acima, "jogar bola é ir em frente, é arregaçar as mangas; jogar bola dá certo, muda as pessoas, muda o amanhã.", mas... oi!?

Isso só pode ser uma pegadinha do Sérgio Malandro, uma brincadeira do Pânico ou mais um desses virais sem sentidos que se espalham pelas redes sociais... não, infelizmente não é!

Como uma campanha publicitária, de um órgão importante e conhecido, pode dizer que o futuro das pessoas está em jogar bola? Como acreditar que as pessoas irão mudar pelo simples fato de jogar bola?

Ok, futebol é a paixão nacional (então não sou deste país, pois esta não é minha paixão), a próxima Copa do Mundo, em 2014, será no Brasil (algo que eu também sou contra), mas será mesmo que este esporte mudará as pessoas? Será mesmo que o mundo será melhor se todos jogarem bola? Será?

Posso estar sendo um pouco ignorante, não ter entendido o real sentido da campanha, mas a meu ver o que muda alguém, o que muda as pessoas, o que muda o mundo é a EDUCAÇÃO, e nada mais.

O ensino público está uma porcaria. Vemos cada vez mais as pessoas menos interessadas pelos estudos. Erros de português não são raridades na escrita das pessoas. E jogar bola é o que muda o mundo?

Investir na educação é investir no futuro. É estudando que se pode ser e fazer diferente.

Vi, revi, vi de novo, e sempre que vejo e revejo tenho a mesma sensação, a exaltação do futebol, o descompromisso com o que realmente é sério, que realmente importa e que realmente faz mudar as pessoas. Jogar bola faz bem a saúde, afinal, é um esporte, mas o futebol não muda as pessoas.

Desculpe-me Itaú se não consegui compreender o real sentido da campanha, se é que existe um outro além do que eu vi. Se você, leitor, consegue ver um outro sentindo nesta campanha, por favor, deixe a sua conclusão ai nos comentários.

É Itaú, “a grande festa do futebol vai ser na nossa casa”, mas jogar bola não muda as pessoas, nem o amanhã... esta campanha foi uma bola fora! Foi mal!


Abraços!

Ih, Falei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário